O Debate de Ideias na Blogosfera

Aqui há uns meses atrás, passei por um certo blog, onde escreve um ilustre deputado da nação, o João Galamba. Na altura, reparei num post que não estava muito correcto, e que alguém tinha sugerido que não estava correcto. Eu resolvi acrescentar uma fonte a confirmar a incorrecção.

No blog em causa os comentários estão sujeitos a moderação, pelo que resolvi passar por lá mais tarde a verificar se o comentário já tinha sido aprovado, e se havia mais comentários. Ainda não tinha sido aprovado. No dia seguinte, volto a verificar, e nada. Volto a repetir o comentário. Mais um dia passado, e nem o primeiro nem o segundo estão aprovados. Até que ao terceiro (não, os meus comentários não apareceram ao terceiro dia…), dizia eu, no terceiro dia aparece um comentário posterior (comentário de “Vieira a 21 de Maio de 2011 às 18:48”). Este comentário posterior tinha a particularidade de defender a posição do post inicial, pelo que comecei a suspeitar que apenas os comentários favoráveis eram aprovados.

Alguns dias depois, os meu comentários, assim como vários outros que mostravam que o post não fazia sentido, lá aparecem. Afinal, os comentários desfavoráveis sempre são publicados. Na altura fiquei sem perceber muito bem o que se tinha passado. Mas também não liguei muito à questão.

Há uns dias atrás, ao ler o blog do Marco Amado, encontrei uma explicação bastante razoável para o que me aconteceu (e que na mesma altura também aconteceu por duas vezes ao Marco Amado): os comentários não são completamente censurados, e eventualmente são tornados públicos, mas tal só acontece quando o post em causa já está bem enterrado, minimizando o número de pessoas que os vêem. É claro que entretanto os comentários favoráveis vão aparecendo.

É apenas uma teoria, é certo, mas vindo dos nossos democratas, já nada me espanta.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.