Arquivo Mensal: Maio 2008

Está quase perfeito : )

Na sequência de posts dedicados ao Leopard, tencionava ter escrito ainda mais uma crítica, sobre uma das funcionalidades sobre a qual tinha mais expectativas, mas que acabou por me desiludir bastante, o Spaces. Infelizmente acabei por não ter tempo de escrever nada antes.

E estou a escrever agora porque parece que com a última actualização do SO, a versão 10.5.3, a maior partes dos problemas foram resolvidos :)

Bem, primeiro, os problemas que havia anteriormente. Basicamente, o Spaces tinha sido pensado para os utilizadores organizarem as várias áreas de trabalho em função das aplicações, i.e., para que todas as janelas de uma aplicação estivessem concentradas num único espaço. Pessoalmente, nunca me pareceu que isso fosse a melhor maneira de fazer as coisas… Embora para algumas aplicações (como o iTunes, o iCal, o Mail, o Adium, e outras em que normalmente só tenho uma janela aberta) até usasse sempre a mesma área de trabalho, preferia organizavar as coisas em função das tarefas que estava a efectuar, e tinha aplicações como o Terminal, o Safari, o Vim, etc. constantemente a serem abertas e fechadas em vários espaços.

Mas afinal qual era o problema?
Quando tinha uma janela do Safari, por exemplo, aberta na área 1, e estava a trabalhar na área 2, onde precisava de abrir também uma janela do Safari, caso clicasse no ícone do Safari na Dock, ou usasse o Cmd+Tab para mudar de aplicação, ia parar à área 1 (onde estava uma janela do Safari aberta). Ou seja, abrir janelas de uma aplicação que só tinha janelas abertas noutros espaços, era uma chatice. Pior do que isso, às vezes, até quando tinha janelas abertas na área de trabalho actual, as coisas funcionavam mal…
Ainda usei esta opção para desactivar as mudanças de espaço automaticamente, mas aí, quando mudava de aplicação, mesmo tendo janelas abertas no espaço em que estava a trabalhar, nem sempre passavam para a frente das outras (eventualmente seriam as janelas de outro espaço que estavam a ser activadas, não sei). Embora tenha continuado com esta opção assim, o Spaces não funcionava tão bem como devia.

Mas agora parece que as coisas já começaram a funcionar!
A última actualização, para além de corrigir alguns aspectos que eram mesmo bugs (como o mudar de espaço quando existiam janelas no espaço actual), trouxe uma nova opção nas preferências, que permite desactivar a mudança de espaços, mas não totalmente. Assim, quando clicamos na Dock, ou usamos o Cmd+Tab para mudar de aplicação, não se muda de área de trabalho. No entanto, se clicarmos na Dock quando já temos a aplicação activa (se clicarmos duas vezes na Dock, por exemplo), já mudamos de espaço.

Apesar de ainda ter alguns pormenores que poderiam ser melhorados (por exemplo, permitir que se escolham as aplicações para as quais queremos ou não mudar de espaço, da mesma forma que podemos associar uma aplicação a um espaço), parece que já está bastante bom.

Matemática Concreta ou Abstracta?

Hoje em dia vemos cada vez mais pessoas a defender que se deve ensinar a Matemática aplicada a exemplos concretos. Mas será que é mesmo essa a melhor forma? Será mesmo esse o método de ensino que prepara melhor os alunos para enfrentar os problemas com que se deparam no dia-a-dia? Parece que não. Parece que quando se ensina a Matemática em abstracto, os alunos ficam melhor preparados para responder a novas situações com que se deparem…

OpenOffice

Experimentei hoje o beta da última versão do OpenOffice. Apesar de raramente usar este tipo de software para produzir documentos, infelizmente tenho que possuir alguma coisa deste género para abrir os documentos que me enviam…

Quanto ao OpenOffice propriamente dito, parece que finalmente tem uma versão minimamente decente para mac. Apesar das melhorias, o desempenho é péssimo… Quase 1 min para abrir uma apresentação, e ao visualizar, demora vários segundos a mudar de página. Até em coisas simples como alterar as preferências, se nota uma enorme lentidão.

Não sei como é que anda o MS Office 2008, mas a versão anterior sempre tinha um desempenho aceitável… Também é verdade que esta versão do OpenOffice ainda é um beta, vamos esperar pela versão final a ver se as coisas melhoram.