Arquivo Mensal: Janeiro 2008

Direito à privacidade

P2P: Privacidade garantida

A arbitragem do organismo europeu foi requerida pela justiça espanhola depois da Associação de Editores e Produtores de Música ter exigido à empresa Telefonica o fornecimento da identidade e moradas de utilizadores que partilham ilegalmente ficheiros de música digital.

A empresa de telecomunicações recusou o pedido da associação, porque, segundo a lei espanhola, as empresas podem recusar fornecer os dados dos clientes, quando não se tratam de casos de segurança pública ou de defesa nacional.

O tribunal europeu apoiou a lei espanhola, dizendo que a protecção dos direitos de autor não deve prejudicar a protecção das informações pessoais, noticia a Lusa, que cita um comunicado do organismo.

[…]

Apesar de não ser dos que acham que quem faz downloads ilegais não faz nada de errado, fico contente por ver que ainda temos direito a alguma privacidade…

Embrace, extend and extinguish

Embrace, extend and extinguish

“Embrace, extend and extinguish,” also known as “Embrace, extend, and exterminate,” is a phrase that the U.S. Department of Justice alleged was used internally by Microsoft to describe their strategy for entering product categories involving widely used standards, extending those standards with proprietary capabilities, and then using those differences to disadvantage its competitors.

[…]

The strategy

The alleged strategy’s three phases are:

  • Embrace: Development of software substantially compatible with a competing product, or implementing a public standard.
  • Extend: Addition and promotion of features not supported by the competing product or part of the standard, creating interoperability problems for customers who try to use the ‘simple’ standard.
  • Extinguish: When extensions become a de facto standard because of their dominant market share, they marginalize competitors that do not or cannot support the new extensions.

[…]

Aqui está mais uma das razões pelas quais evito usar os produtos da MS…

SO irritante!

Será normal um sistema operativo perguntar de 5 em 5 mim se o quero reiniciar, mesmo depois de já se ter respondido que não?

Melhor, será normal um SO reiniciar-se sozinho? Quer dizer, estou a fazer um trabalho qualquer, do qual me ausento uns minutos. Entretanto acaba uma actualização do windows, e como não estou lá para lhe dizer para não reiniciar, ele reinica-se sozinho, e perco o trabalho que estava a fazer…

Raramente uso windows, o que significa que cada vez que o ligo, há actualizações para fazer. Passado alguns minutos, começa aquela janela irritante a aparecer de tempos a tempos…

Como é possível que este seja o SO mais usado no mundo?

MacBook Air

A Apple apresentou ontem na MacWorld o seu novo portátil, o MacBook Air. À primeira vista, aquilo que o distingue dos outros são as suas dimensões: apenas 1.36Kg, e uma espessura que varia entre os 0.4 e 1.94cm.

Apesar de ter mais alguns pormenores interessantes (como teclado iluminado, ecrã com tecnologia LED, e um trackpad bastante funcional), fiquei um pouco desiludido. A falha mais grave parece-me ser sem dúvida o facto de ser de 13.3″. Num modelo em que a portabilidade deve ser o ponto forte, tudo que for mais de 12″ parece-me exagerado.

Possui ainda mais alguns pontos negativos, como a não existência de porta Ethernet, nem leitor de CDs, e apenas ter uma porta USB. Se calhar, até raramente precisamos de mais do que isto, mas quando olhamos para a concorrência (por exemplo para os Toshiba Portege R500), vemos-lo trazer estas coisas, conseguindo ainda ser mais leve (embora mais espesso). E quando comparados os modelos com disco SSD (visto que com um disco normal de 4.200 rpm, o desempenho deste novo Mac deve deixar um pouco a desejar), os preços não diferem muito… Enfim, esperava um pouco mais…

Alguns links: